Rádio On-line
Terça-Feira, 14
julho 2020
Ribeirão Preto
Temperatura Mínima 18 Temperatura Máxima 31
BUSCAR  
Agenda Comercial
NAVEGUE
Principal   
Agenda de Show   
Cadastre-se   
Brindes   
Notícias   
Colunistas   
Esporte   
Negócios   
Destaques   
Brasil   
Mundo   
Cultura   
Agenda na Tv   
SERVIÇOS
Galerias de Fotos   
Agendacomercial   
Guia Comercial   
Fale Conosco   
Seja Parceiro   
Desenvolvimento de Sites   
Ribeirão de A - Z   
Termos de Uso   
ENTRETENIMENTO
Mural de Recados   
Dicas   
Notícias da Cidade   
Dicas de Filmes   
Bate-Papo   
CLASSIFICADOS
Veículos
Imóveis
Curriculos
Diversos
Anuncie Aqui
LOGIN
E-MAIL:
SENHA:
Esqueci a senha


Mural de Recados

De: Camila Para: Agenda Comercial

Boa tarde. A foto que eu tirei no rodeio de Sertãozinho 2015 não está na galeria. Vocês não vão acabar de postar??

Ribeirão se destaca nas operações de crédito voltado para o agronegócio
por OPA Assessoria em Comunicação

 
Retrações dos financiamentos em geral, no entanto, preocupam por indicar uma diminuição dos investimentos

No início de abril, o Banco Central divulgou informações de crédito referentes ao mês de janeiro de 2015. Enquanto no Brasil, as operações de crédito tiveram um crescimento de 1,2% em relação a janeiro de 2014, o município de Ribeirão Preto se destacou na modalidade com uma taxa de crescimento de 5,7% no período, como mostram os dados do Boletim Crédito CEPER/Fundace.

Na Região Administrativa de Ribeirão Preto (RARP), no mesmo período, a alta foi de 3,9%. O crescimento destacado de Ribeirão Preto e da RARP se deve, principalmente, às modalidades financiamento imobiliário e crédito voltado ao agronegócio.

Franca e SJRP – Já os municípios de São José do Rio Preto e Franca tiveram maior destaque, no período, na modalidade financiamentos imobiliário. Entretanto, na modalidade empréstimos e títulos descontados, Rio Preto registrou uma queda de 17,3%, no período considerado. Em financiamentos em geral, o decrescimento do município foi de -18,8%, o maior das regiões analisadas pelo boletim.

Em todas as regiões ocorreram retrações dos financiamentos em geral, o que, segundo os pesquisadores, preocupa por indicar uma retração dos investimentos, visto que nessa categoria se encontram os financiamentos de parques industriais, máquinas e equipamentos, além de bens de consumo durável.

Inadimplência – Comparando-se janeiro de 2015 com o mesmo mês de 2014, percebe-se que a inadimplência total da carteira teve uma queda significativa no período. Enquanto na de pessoas jurídicas ocorreu um aumento, a inadimplência de pessoas físicas teve uma forte retração, resultando na queda da inadimplência total.

Já se compararmos o mês de dezembro de 2014 e janeiro de 2015 podemos ver que tanto a inadimplência de pessoas físicas quanto a de pessoas jurídicas aumentaram no período.

Em relação ao endividamento das famílias (em porcentagem), percebe-se que no primeiro mês de 2015 ela chegou a 46,4%, um aumento de 0,4 pontos percentuais comparativamente ao ano de 2014. Fazendo a mesma comparação entre 2005 e janeiro de 2015, percebe-se uma grande evolução no endividamento das famílias, sendo mais de 100% a diferença.

Para ter acesso ao Boletim Crédito na íntegra acesse: http://bit.ly/1GxbVr7

O coordenador do estudo, Prof. Dr. Luciano Nakabashi, estará à disposição para entrevistas nesta quinta-feira (30/04).

Ceper – O Centro de Pesquisa em Economia Regional foi criado em 2012 e tem como objetivo desenvolver análises regionais sobre o desempenho econômico e administrativo regional do País. Sua criação reúne a experiência de diversos pesquisadores da FEA-RP da Universidade de São Paulo em pesquisas relacionadas ao Desenvolvimento Econômico e Social em nível regional, a análise de Conjuntura Econômica, Financeira e Administrativa de municípios e Gestão de Organizações municipais, entre outros. A iniciativa de criação do Centro foi dos pesquisadores Rudinei Toneto Junior, Sérgio Sakurai, Luciano Nakabashi e André Lucirton Costa, todos da FEA-RP/USP. Os Boletins Ceper têm o apoio do Banco Ribeirão Preto, Imobiliária Fortes Guimarães, São Francisco Clínicas e Construtora e Incorporadora Stéfani Nogueira.

Fundace – A Fundação para Pesquisa e Desenvolvimento da Administração, Contabilidade e Economia (Fundace) é uma instituição privada sem fins lucrativos criada em 1995 para facilitar o processo de integração entre a FEA-RP e a comunidade. Oferece cursos de pós-graduação (MBA) e extensão em diversas áreas. Também realiza projetos de pesquisa in company além do levantamento de indicadores econômicos e sociais nacionais regionais.



BUSCAR  
Inicial | Fotos | Agenda de Eventos | Notícias | Promoções | Imprensa